Apelo aos conservadores

COMTE Apelo Consv 04 SIMPL

Ciência Política

Aqui e agora: Nova C. POL. para renovar.

 

APELO AOS CONSERVADORES LIBERAIS.  Resumido.

Texto simplificado das Notas sobre o texto de Augusto Comte

Notas de leitura de parte do texto, com livre interpretação e comentário. O regime político aqui proposto foi implantado a partir de 1892 até 1930 no Estado do Rio Grande do Sul por Júlio Prates de Castilhos. Só destruído pela infidelidade de Getúlio Vargas.

© 2009 Ângelo Torres.

 

Este APELO AOS CONSERVADORES consiste na solicitação dirigida aos Conservadores de CENTRO para realizar a aliança política com os partidos de ESQUERDA e para aliança com os partidos de DIREITA.

Neste resumo mais simplificado SIMPL, com muitos cortes, ficam indicadas as páginas correspondentes no texto original: Augusto Comte, APELO AOS CONSERVADORES, Rio de Janeiro: IPB, 1899. O texto original, em francês, é APPEL AUX CONSERVATEURS,edição de Dalmont, Paris, 1855.

Destina-se este Apelo aos verdadeiros dirigentes de nações, que são os Empresários, que constroem os países e a civilização internacional moderna, decidindo as ações a realizar, dirigindo, de fato, a economia e a sociedade.  A ação benéfica dos grandes Patrícios deveria receber apoio e colaboração do governo político. Estamos assistindo hoje ao Governo prejudicando a produção e travando o progresso do Brasil por seus erros e omissões numa ação revolucionária mal disfarçada, com processos totalitários.

Isso deve mudar com urgência.

Entre os Conservadores destacam-se os Empresários, a classe que produz, que faz acontecer. Quando falarmos Conservadores estamos falando também de Empresários de grande porte, os Patrícios , formadores do Patriciado.

Quem tem fome tem pressa, mas o Empresário que tem prejuízo tem mais pressa. E tem o poder invencível da riqueza. Só não é governo por falta de cultura política adequada.

É um projeto de extrema urgência:CULTURA DA CIÊNCIA POLÍTICA.

 

PRESSUPOSTOS.    

A doutrina política aqui recomendada tem base na nova Filosofia Política destinada a instalar um governo democrático de liberdade e de fraternidade universal fora de ideologias e fundamentalismos.

NOTA. Definimos a Política como a nobre arte ou nobre técnica de governar um país. Não confundimos a Política com a ação eleitoreira, que visa tomar o poder para dele se servir, prejudicando a Política.

Definimos como DEMOCRACIA o governo em benefício do POVO, do TRABALHADOR, mantendo a completa liberdade na sociedade, o governo sendo realizado e controlado por legítimos representantes eleitos pelo povo. O governo feito PELO povo é impossível, é uma mentira ELEITOREIRA. A democracia se caracteriza pela liberdade e pela representatividade popular. A democracia pode ter um governo parlamentar, ou pode ter um governo presidencialista constitucional sem parlamento e pode ter um governo misto, que tem presidente e parlamento. Em todos os casos deve ser chamado de DEMOCRACIA REPRESENTATIVA com liberdade.

Consideramos na vida política,EM NOSSOS DIAS, três TENDÊNCIAS políticas:   a ESQUERDA, o CENTRO e a DIREITA.

Definimos neste estudo como “tendência de ESQUERDA” a intenção daqueles que desejam mudar as instituições por meios legais. Chamamos aqui a Esquerda radical de REVOLUCIONÁRIA que usa a ilegalidade, a mentira e a violência.

Definimos “tendência de CENTRO” como formada por aqueles que desejam manter as instituições políticas, protegendo a situação existente e construindo seu progresso. Chamaremos os políticos de Centro de CONSERVADORES. Os conservadores normalmente chegam ao poder político. Se outro partido assume o governo, SEMPRE se torna conservador ou mesmo se torna radical retrógrado, porque não mais desejará mudanças graduais nem mudanças radicais. O Empresário é o Conservador por excelência, que sempre age para conservar, melhorando, para manter a ordem, progredindo.

Definimos aqui de “tendência de DIREITA” aqueles que desejam que a política volte aos regimes do passado, a regimes como a monarquia ou desejam a instalação de totalitarismo sem mudança.  Os RETRÓGRADOS se qualificam como os partidários da direita radical que propõem o restabelecimento das tiranias e privilégios do passado impedindo mudanças pelo voto ou pela violência.

É necessário notar que as três tendências partidárias reúnem políticos que NÃO SE MANTÊM sempre, permanentemente, com a mesma orientação. Podem mudar, sem constância, sem coerência, dependendo dos interesses pessoais ou de momento, por oportunismo.

Verifica-se que todo e qualquer governo que está no poder SE TORNA SEMPRE um governo de Centro, ou, se não é CONSERVADOR, passa a ser de Centro, CONSERVADOR. Mesmo os mais radicais de Esquerda, quando assumem o poder, se tornam conservadores, em geral conservadores mais radicais, e, se puderem, tornam-se cruéis ditadores tirânicos, como ilustra bem o caso do sapateiro Joseph STALIN e no caso de todos os outros revolucionários. O totalitarismo conservador dos revolucionários, então se torna de extrema direita totalitária conservadora. Mantêm-se pela violência e se proclamam, enganosamente, de “governos democráticos”, “de revolução libertadora”, mas são conservadores radicais sanguinários e cruéis.

QUEM GOVERNA.

A filosofia da história mostra que o PODER para governar, sempre, no passado, pertenceu aos que possuíam a RIQUEZA da sociedade.  Essa forma de governar PODE SER VERIFICADA nos registros históricos, nas grandes civilizações do passado.  O PODER e a RIQUEZA sempre estiveram juntos, na história humana. Com o fim do feudalismo e com a secularização que resultou no enfraquecimento do papado, o poder passou a ficar separado da riqueza. Essa colocação do poder em mãos outras do que nas mãos da riqueza, dos donos do capital, é contrária à prática política constante na história. Resultou do aparecimento das novas classes de produção e de comércio na civilização do ocidente europeu, formando a era industrial moderna, após a redução da atividade guerreira predominante antes e durante a Idade Média. 075

 

O APELO AOS CONSERVADORES.

O objetivo deste “APELO AOS CONSERVADORES” é unir os políticos de centro com a direita não retrógrada e com a esquerda não niveladora.

Os conservadores de centro são uma força numerosa e forte, que procura afastar-se tanto dos revolucionários como afastar-se dos retrógrados. 001

Ordem e progresso significa PAZ E LIBERDADE. Ordem significa manter a PAZ, pela manutenção das instituições, e, ao mesmo tempo, o progresso significa realizar o desenvolvimento, a riqueza, o que na modernidade exige todas as LIBERDADES.

Em geral os Conservadores são colocados no poder, salvo em momentos de crise política. Mas os partidos do Centro no poder procuram agora APENAS neutralizar a esquerda revolucionária por meio da ação da direita retrógrada. E nessa tarefa para a obtenção de um equilíbrio produz uma perda de tempo e de recursos que poderiam promover o progresso da nação. Esse equilíbrio instável se faz entre o perigo do retorno ao poder dos retrógrados pelo direito divino e o perigo da incompetência e crueldade da revolução de baixo para cima.

A nova Filosofia Política é necessária para PREVER os eventos políticos e para CONDUZIR a coletividade, por meio do saber da Ciência Política.

Ordem e progresso corresponde a RETER e IMPULSIONAR, a conservar, melhorando. O mais profundo preconceito da esquerda revolucionária é a tentativa de DOMINAR pela violência a OPINIÃO, com a extinção da liberdade de consciência, usando o poder político coercitivo. É o TOTALITARISMO, que supõe que o poder político tudo pode controlar. A ditadura do totalitarismo tirânico deve ser superada, deve ser evitada. 003

O preconceito revolucionário mais profundo e mais perigoso é usar o poder político para controlar a Opinião Pública, com a destruição da liberdade de pensamento e da capacidade da sociedade, do povo, dos trabalhadores, para fazer o controle dos atos do governante e até afastá-lo do poder. 004

A liberdade da opinião só pode ser assegurada pelo conhecimento da CIÊNCIA POLÍTICA moderna, apoiada na filosofia da história, esclarecida pela sociologia científica de observação para fazer a previsão e a ação. 005

 

CIÊNCIA POLÍTICA CIENTÍFICA.   Como resultado da evolução das teorias, obtemos na ação política uma orientação segura com base na Sociologia abstrata como ciência teórica moderna para a previsão sociologica.  A teoria a usar na CIÊNCIA POLÍTICA  será, assim, uma teoria científica aplicada, confirmada pela observação histórica da política real e do saber filosófico obtido na crítica inteligente dos milenares eventos anotados nos Anais da história da humanidade. 007

Os Conservadores, bem como os Empresários TÊM O DEVER CÍVICO de participar ativamente do movimento político proposto neste APELO AOS CONSERVADORES.

 

A política para os conservadores.

A norma política de base a seguir deve ser clara e segura.  Sua definição deve ser tornada pública, bem explicada aos trabalhadores, ao povo. 025

 

Aliança dos conservadores com os retrógrados.  

COMO OS CONSERVADORES DEVEM AGIR COM OS RETRÓGRADOS.

Sem uma solução política estabelecida, o perigo da destruição da sociedade pelos Revolucionários tende a recolocar os Retrógrados no poder político. O retorno a regimes radicais de Direita totalitária, assim, não podem ter a nossa aprovação, merecendo, porém, a nossa simpatia, por protegerem as instituições, por protegerem a ordem estabelecida.

Portanto, os Conservadores podem merecer e conseguir a aliança com os retrógrados da direita, desde que consigam evitar o perigo da ação destruidora dos Revolucionários.

A reconstrução política do governo só poderá ser feita de acordo com normas políticas bem compreendidas e destinadas ao bem da coletividade. A existência de uma Opinião Pública em completa liberdade é fundamental para a ação política dos conservadores. A Opinião Pública controlada pelo Governo político, pela propaganda do governo, é TOTALITARISMO. Totalitarismo é a tirania, a falta das liberdades democráticas.

Em tempos normais de paz os políticos de direita retrógrada ficam, em geral, sem ação, permanecendo passivos. Mas se tornam ativos ao ocorrerem perturbações das instituições. E sempre são muito úteis, já que podem evitar, com sua vigilância, os males da revolução social violenta.

 

ALIANÇA DOS CONSERVADORES COM A DIREITA. 104

Devem ser feitas duas ações:

I  SISTEMA DE GRATIDÃO;

II ALIANÇA RELIGIOSA.

A pequena burguesia formada pelos PEQUENOS empresários é perturbadora e em geral é egoísta e frívola.  Os partidos aristocráticos de direita podem muito ajudar ao governo dos conservadores. 105

O governo político não deve manter nenhuma doutrina e nenhuma religião oficial, mantendo a total liberdade de consciência e de ideologia. Com o único objetivo: paz e desenvolvimento do país, ou seja, ordem e progresso. 106

 

I SISTEMA DE GRATIDÃO.    O governo deve ser leigo, secular, para evitar a tendência para a TEOCRACIA, que é o governo político tirânico pelas autoridades religiosas e teóricas. Mas deve o poder político oferecer completa liberdade aos religiosos de todas as seitas. E mais ainda, mostrar respeito e gratidão a todas as seitas e ideologias, mantidas livres para sua propaganda e em sua atividade de ensino. 107

O partido conservador deve mostrar o reconhecimento geral ao Catolicismo por sua civilização na Idade Média, como pela tendência Católica ao culto da figura de mãe, na pessoa da Virgem, mãe da divindade, e pela unidade de doutrina resultante da chefia do Papa, tido como infalível. Os protestantes apresentam uma tendência que varia em ser ora retrógrada, ora revolucionária. Mas os deístas e panteístas por vezes tendem à retrogradação teocrática ou ao governo dos sábios, dos intelectuais. É o que se chama de PEDANTOCRACIA, que é o poder político colocado nas mãos dos pensadores e intelectuais retrógrados ou revolucionários, sempre com tendências totalitárias. 110

II ALIANÇA RELIGIOSA. O partido Conservador deve estimular o acordo entre os políticos da direita religiosa para que se unam num ECUMENISMO sem denominação, sem financiamento oficial, mantendo a cordialidade entre as diversas interpretações religiosas, evitando a pretensão do domínio de uma das seitas sobre as outras, evitando os conflitos religiosos. O acordo ecumênico é uma proteção contra a reação anti-religiosa e anti-ética dos partidos de esquerda. O ecumenismo deve dirigir a pregação religiosa a favor da harmonia política e da moralidade. A ALIANÇA RELIGIOSA deve, em especial, aliar cristãos e muçulmanos. 113

 

3ª PARTE    

ALIANÇA DOS CONSERVADORES COM OS REVOLUCIONÁRIOS.

I GERAL

Os Conservadores NÃO DEVEM LIMITAR SUA AÇÃO POLÍTICA realizando apenas a NEUTRALIZAÇÃO da perigosa ação dos revolucionários por meio da reação dos partidos de Direita. Essa compensação consome esforços e leva a uma ESTAGNAÇÃO política, sem progresso da nação. Já vimos que há três partidos: os Conservadores ficam sempre com o poder, os Retrógrados de direita resistem às mudanças, defendendo as instituições. Os Revolucionários de esquerda fornecem o impulso para as mudanças. Por falta de um programa político, todos os partidos se tornam incoerentes, por vezes seus agentes trocando de posição repetidamente. 123

Aos Revolucionários falta uma adequada TEORIA PARA FAZER A PREVISÃO POLÍTICA. E a eles falta uma CHEFIA competente para desenvolver a teoria e o programa necessário.  Os dirigentes de esquerda são em geral incompetentes.  Os Revolucionários receberam da Idade Média dois problemas inseparáveis.

Primeiro problema: acabar com a pobreza, facilitando para a população de trabalhadores o conforto da sociedade moderna.

Segundo problema: criar a civilização científica mundial de um humanismo secular para substituir a civilização feudal e religiosa da Idade Média. 126

 

REVOLUÇÃO MENTAL.

ESSA É A MAIS PROFUNDA REVOLUÇÃO MENTAL DA EVOLUÇÃO HUMANA.

É a mudança que prepara a nova sociedade industrial e pacífica moderna, jamais vista no mundo, com produção e paz. 127

NOTAR BEM que estamos colocados frente ao problema de realizar a MAIS PROFUNDA REVOLUÇÃO MENTAL da história humana.

Os Revolucionários ilustrados, diplomados, são os mais perturbadores e mais atrasados. 129

O individualismo radical coloca a opinião e os objetivos pessoais acima das normas sociais, levando à revolução e à anarquia.  O que impede a reorganização e o progresso da sociedade.

O individualismo radical leva a pensar que tem uma infalibilidade do indivíduo que vem para substituir a INFALIBILIDADE DO PAPA.  É a suposição de que existe a INFALIBILIDADE DA OPINIÃO DE CADA UM, o engano que se opõe a toda direção e a toda regra. A infalibilidade de cada pessoa é base da revolução de cada um contra a coletividade; é a procura da IGUALDADE radical obrigatória liberticida. É a revolução destruidora. Todo grupo tem necessidade de um chefe, um orientador, sempre no comando, na orientação dos indivíduos, que devem se subordinar a ele.

Os trabalhadores costumam confundir a necessidade de FRATERNIDADE para com todos com o desejo de IGUALDADE de todos. A igualdade prometida pela esquerda é a igualdade que degrada, que rebaixa, igualdade que não se realiza, igualdade de mentira, usada pela propaganda enganosa. 130

É a promessa de igualdade que satisfaz à VAIDADE e satisfaz à AMBIÇÃO de chefiar, que são a doença moderna, a doença da fase que serviu para destruir os privilégios dos guerreiros, dos nobres e dos padres da Idade Média. Em geral os Revolucionários letrados são incuráveis, ao contrário dos Revolucionários trabalhadores não diplomados. A principal tarefa dos Conservadores é promover o esclarecimento dos trabalhadores e do povo, para que desconfiem dos Revolucionários niveladores que prometem a igualdade impossível, demagogos ambiciosos e incompetentes. Porque a liberdade produz sempre as diferenças, acabando com a igualdade. Nem com o fim da liberdade na tirania do Totalitarismo existe a igualdade comunista. 131

Os doutores revolucionários são formados nas escolas religiosas pelos sacerdotes católicos ou por sua influência. Eles são filhos intelectuais ou naturais degenerados dos religiosos. Mostram ainda a insuficiência das crenças religiosas em nossos dias. 133

Os retrógrados desejam a construção da nova civilização, mas sem abalo brusco.  Os revolucionários procuram a mudança por meio de reformas radicais e imediatas. 135

O humanismo secular, leigo, regenera a sociedade, REGULANDO e HARMONIZANDO as novas classes surgidas após a SECULARIZAÇÃO, que marcou o fim do poder religioso do papa e com o fim do FEUDALISMO da Idade Média, na Europa do ocidente. Essa Europa católica é que liderou o progresso humano, progresso que resultou da evolução cultural religiosa no Catolicismo da Idade Média. Note-se que os primeiros cientistas no fim da Idade Média eram padres. 136

RESPONSABILIDADE SOCIAL. A classe dos Empresários deve colaborar para que os trabalhadores possam sustentar e manter a família bem organizada, como a melhor base das instituições da sociedade. O Empresariado deve dar o exemplo de dedicação aos pobres e de sua proteção, com a Responsabilidade Social. Dessa forma, serão merecedores do respeito e do agradecimento dos trabalhadores. Trabalhadores verão que a luta classe, a violência e os sentimentos revolucionários só favorecem aos demagogos enganadores gananciosos, sem promover o enriquecimento dos pobres e da sociedade. 137

Os Conservadores devem governar, mantendo:

1. AORDEM MATERIAL;

2. O DESENVOLVIMENTO DA NAÇÃO;

3. AS LIBERDADES DE CONSCIÊNCIA, DE OPINIÃO, DE ENSINO.

 

A educação NÃO DEVE ser controlada pelo poder político. A LIBERDADE DE ENSINO deve ser mantida completa. 142

A plena liberdade produz a desigualdade das pessoas, mostrando a natural e útil diferença entre os indivíduos e entre os grupos. Assim, a liberdade faz mostrar a desigualdade, mostra a diferença entre as pessoas, que promove o progresso. 146

O nivelamento político artificial coercitivo, pela força, com a igualdade obrigatória de todos, destroi a liberdade. É um aspecto do Totalitarismo Socialista de Estado, um regime político impossível, como a prática já demonstrou de forma cruel, desumana. 145

TIPOS DE REVOLUCIONÁRIOS.

Os revolucionários são de dois tipos:

1. OS REVOLUCIONÁRIOS LETRADOS, os DOUTORES;

2. OS REVOLUCIONÁRIOS TRABALHADORES.

E podem ter duas outras tendências revolucionárias:

1. REVOLUCIONÁRIOS LIBERAIS EM POLÍTICA, a favor da liberdade;

2. REVOLUCIONÁRIOS NIVELADORES, contra a liberdade, totalitários.

Podem ainda ser

  1. REVOLUCIONÁRIOS SOCIAIS, ASSOCIATIVOS
  2. REVOLUCIONÁRIOS INDIVIDUALISTAS

Os Revolucionários doutores tendem ao individualismo e os revolucionários trabalhadores tendem a ser revolucionários sociais.  Os melhores Revolucionários são os Revolucionários adeptos da liberdade política e os e os revolucionários sociais.  Os doutores são irrecuperáveis, em geral.

Devemos apoiar os liberais em política e negar apoio aos niveladores da igualdade. Acolher os letrados liberais em política, mas repelir os proletários niveladores.

Os revolucionários formam a tendência partidária MAIS INCOERENTE, mais instável, de todos os partidos. 153

O parlamentarismo esconde a tirania do poder político sobre a opinião livre.  Ela dissimula o totalitarismo, a falta de liberdade, já que a tirania é oficializada pelos falsos representantes do trabalhador. Aparenta ter decisões inânimes e justas oficializada por uma assembléia. A decisão em assembléia é imprevisível, onde não há poder individual, não há unidade de comando. E não há responsável, não há a direção de governo; há erros e crimes e impunidade. 154

O sistema eleitoral deve ser adequado para os objetivos políticos de reconstrução da civilização moderna. Para evitar a demagogia, o voto deve ser aberto e não secreto. O uso do processo eleitoral é aconselhável, mas quando mal empregado dá lugar à instabilidade política, à falta de governabilidade, à anarquia e à demagogia: é o SISTEMA ELEITOREIRO.

Os revolucionários, a esquerda, devem ser vistos como os agentes do programa histórico posto na Europa ocidental, são os políticos que estimulam a ação política, que promovem o progresso.

A ALIANÇA POLÍTICA a ser feita pelos Conservadores deve unir a ação política dos conservadores e dos revolucionários liberais não niveladores. O objetivo final é retornar à união do COMANDO com a RIQUEZA.  A unição do COMANDO COMPETENTE com a RIQUEZA DA BONDADE. Os retrógrados devem ser convidados a uma ALIANÇA RELIGIOSA para unir os diversos religiosos a serviço da ética na sociedade. Os Revolucionários podem ser aproveitados por meio da comunicação, por meio do apelo aos seus elevados sentimentos sociais. 155

A pequena burguesia, dos pequenos empresários, é em geral egoísta e frívola. A pequena burguesia invejosa promove a resistência contra a concentração do poder com os grandes proprietários. Só o grande Empresariado proporcionará o desenvolvimento econômico e os empregos necessários à vida de conforto e ao progresso dos trabalhadores. 160

 

AS ALIANÇAS.

Pela proposta neste APELO a nova prática política deverá promover duas alianças:

1. AALIANÇA RELIGIOSA com os religiosos retrógrados  162

2. AALIANÇA POLÍTICA com os revolucionários, sob a direção dos conservadores.162

Somente os Conservadores podem instalar um governo de progresso, mantendo as instituições. O ACONSELHAMENTO POLÍTICO deve ser feito por consultores. Eles devem sempre estar fora do poder político. Ou seja, os consultores, cientistas políticos, não devem pertencer ao grupo do poder, não devem ter cargo na linha do poder. Assim, eles não poderão IMPOR as suas sugestões, que deverão ser aceitas por seu valor real e jamais impostas pela coerção do poder. 164

Os consultores políticos humanistas independentes devem sempre respeitar todas as autoridades constituídas, sem diferença de sua tendência política, de esquerda, de centro ou de direita. Não devem recomendar a violência nem a revolução.

Os consultores humanistas têm o dever de orientar os Conservadores, mantendo-se fora do poder político.  Dessa forma os conselhos se mostram imparciais e terão completa liberdade, sem pressões ideológicas do poder. 165

O presidencialismo sem parlamento sempre manterá amplas liberdades civis, SEM INTERVIR na FORMAÇÃO da OPINIÃO PÚBLICA  Os formadores da opinião terão sempre total liberdade Esse presidencialismo é estritamente temporal, material, sendo republicano com amplas liberdades e monocrático, para ter a imprescindivel UNIDADE DE COMANDO. 167

O governo político que detiver o poder deve sempre ser respeitado, da mesma forma como a propriedade e a riqueza.  168

O respeito ao governo deve sempre ser mantido, embora estejam em mãos de maus políticos, para que não haja revolução e violência. Os ricos devem estar preparados para retomar o poder sem revolução, um poder que sempre lhe pertenceu na longa história do governo político.

O verdadeiro republicano tem que ser conservador. E só pode ser conservador se for republicano. Porque os republicanos não poderão fazer o bem ao povo, o bem público, por meio da revolução ou pelo totalitarismo. E os Conservadores não podem retroceder por meio da monarquia hereditária ou pelo totalitarismo tirânico. 169

Os ricos atuando com dedicação, eficiência e correção no poder merecerão e receberão a gratidão e a veneração dos trabalhadores.

Há os demagogos retrógrados e os retrógrados demagogos. 171

O PARTIDO CONSTRUTOR dos Conservadores deve assegurar:

  1. Não destruir, não usar violência;
  2. Não retrogradar aos privilégios de classe.

 

DUAS TRANSFORMAÇÕES POLÍTICAS

I. CULTO HISTÓRICO p. 173

II. DESCENTRALIZAÇÃO, MUNICIPALIZAÇÃO  p. 180

I. CULTO HISTÓRICO.   O governo dos Conservadores deverá instituir o CULTO HISTÓRICO CÍVICO, de caráter humanista leigo, que é não religioso, pelo uso da comunicação social, comemorando os eventos do passado por meios dos feriados e da comunicação.  Esse culto NÃO TERÁ feição religiosa, mantendo a separação do governo político em relação a todas as religiões e todas as seitas, para manter a LIBERDADE RELIGIOSA e a LIBERDADE DE IDEOLOGIA. O culto histórico destina-se a manter e incentivar o amor à Pátria e à Humanidade e aos seus maiores servidores, mostrando a ligação da ação política com os serviços prestados pelos nossos antepassados. Deve reforçar a gratidão dos que vivem no presente em relação aos que viveram no passado. A gratidão nos encaminha à disciplina pessoal e política, com a necessária adesão aos ensinos do passado. É um tratamento político preventivo contra a doença da revolta contra o passado. 173

Com a completa liberdade da sociedade, a disciplina material, por meio das instituições políticas no governo, deve ser feita em meio à desordem intelectual e moral das opiniões e costumes, que devem ser livres. Porque o governo político NÃO TEM PODER sobre o plano moral e intelectual da formação da opinião. Toda insurreição, toda revolução, toda violência, deve ser evitada. O programa político social bem conduzido fará com que o povo não dê o seu apoio aos perturbadores. O governo deve ter todo controle político material de segurança pública sem ferir a completa liberdade geral de pensamento. 174

A transformação política deve ser feita DE CIMA PARA BAIXO, mas sem insurreição, sem revolução, sem violência, sem totalitarismo, por meio de pacto livre. Assim pode-se chegar à REPÚBLICA, chegar ao bem público, ao bem do povo trabalhador. Assim pode-se chegar ao progresso do trabalhador dentro da ordem, mantendo as instituições democráticas. Os consultores humanistas deverão orientar os conservadores, a quem deverá caber a iniciativa.

Não existe governo DE BAIXO PARA CIMA. De baixo para cima é a revolução, é a anarquia, que não tem comando e que leva sempre à reação de direita, na forma da tirania retrógrada, como ocorreu com NAPOLEÃO, HITLER e com STALIN e em muitos outros casos de crueldade sem limite.

Estamos vendo uma evolução social e política de 30 séculos, desde a teocracia oriental da Índia e Babilônia até a sociedade industrial e pacífica de nossos dias, na modernidade.

ALIANÇA: Os Conservadores republicanos unidos aos republicanos Conservadores eliminará da política os DEMAGOGOS RETRÓGRADOS e os RETRÓGRADOS DEMAGOGOS.  É a formação do PARTIDO CONSTRUTOR, para eliminar a revolução destruidora e acabar com o retrocesso do retorno ao passado de injustos privilégios. 176

 

II.  DESCENTRALIZAÇÃO POLÍTICA. MUNICIPALIZAÇÃO. 180

A centralização política foi o resultado da perda do poder religioso e político dos papas, chamado de secularização. O poder político armado tenta governar o pensamento e as tradições como fazia a fé sem armas e sem violência então unânime na religião católica da Idade Média, até o início dos anos 1300. 187

Os pensadores do humanismo podem orientar os governos como consultores ou conselheiros, devendo ficar sempre fora do poder, mantendo sua imparcialidade e sua liberdade de opinião. 188                        FIM    pag. 200

 

© Ângelo Torres, Rio de Janeiro, Brasil, South America –  Phone. 0055-21-9255-3145 bonangelo@yahoo.com.br  03-junho 2007

Our Human Past, is the basis of  scientific Sociology.

 

 

 

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

VERSÃO SIMPL PARA 6 FOLHAS:

 

COMTE Apelo Consv 04 SIMPL

 

 

 

Ciência Política

Aqui e agora: Nova C. POL. para renovar.

 

APELO AOS CONSERVADORES.  Resumido.

Texto simplificado das Notas sobre o texto de Augusto Comte

Notas de leitura de parte do texto, com livre interpretação e comentário.

 

© 2007  Ângelo Torres

 

Este APELO AOS CONSERVADORES consiste na solicitação dirigida aos Conservadores de CENTRO para realizar a aliança política com os partidos de ESQUERDA e para aliança com os partidos de DIREITA.

Neste resumo mais simplificado SIMPL, com muitos cortes, ficam indicadas as páginas correspondentes no texto original: Augusto Comte, APELO AOS CONSERVADORES, Rio de Janeiro: Igreja Positivista, 1899. O texto original, em francês, é APPEL AUX CONSERVATEURS, edição de Dalmont, Paris, 1855.

Destina-se este Apelo aos verdadeiros dirigentes de nações, que são os Empresários, que constroem os países e a civilização internacional moderna, decidindo as ações a realizar, dirigindo, de fato, a economia e a sociedade.  A ação benéfica dos grandes Patrícios deveria receber apoio e colaboração do governo político. Estamos assistindo hoje ao Governo prejudicando a produção e travando o progresso do Brasil por seus erros e omissões numa ação revolucionária mal disfarçada, com processos totalitários.

Isso deve mudar com urgência.

Entre os Conservadores destacam-se os Empresários, a classe que produz, que faz acontecer. Quando falarmos Conservadores estamos falando também de Empresários de grande porte, os Patrícios, formadores do Patriciado.

Quem tem fome tem pressa, mas o Empresário que tem prejuízo tem mais pressa. E tem o poder invencível da riqueza. Só não é governo por falta de cultura política adequada.

É um projeto de extrema urgência:CULTURA DA CIÊNCIA POLÍTICA.

 

PRESSUPOSTOS.    

A doutrina política aqui recomendada tem base na nova Filosofia Política destinada a instalar um governo democrático de liberdade e de fraternidade universal fora de ideologias e crendices. Notar que os números no fim dos parágrafos são das páginas da tradução em português.

Definimos a Política como a nobre arte ou nobre técnica de governar um país. Não confundimos a Política com a ação eleitoreira, que visa tomar o poder para dele se servir, prejudicando a Política, o bom governo do país.

NOTA. Definimos como DEMOCRACIA o governo em benefício do POVO, do TRABALHADOR, mantendo a completa liberdade na sociedade, o governo sendo realizado e controlado por legítimos representantes eleitos pelo povo. O governo feito PELO povo é impossível, é uma mentira ELEITOREIRA. A democracia se caracteriza pela liberdade e pela representatividade popular. A democracia pode ter um governo parlamentar, ou pode ter um governo presidencialista constitucional sem parlamento e pode ter um governo misto, que tem presidente e parlamento. Em todos os casos deve ser chamado de DEMOCRACIA REPRESENTATIVA com liberdade.

Consideramos na vida política,EM NOSSOS DIAS, três TENDÊNCIAS políticas: a ESQUERDA, o CENTRO e a DIREITA.

Definimos neste estudo como “tendência de ESQUERDA” a intenção daqueles que desejam mudar as instituições por meios legais. Chamamos aqui a Esquerda radical de REVOLUCIONÁRIA que usa a ilegalidade, a mentira e a violência.

Definimos “tendência de CENTRO” como formada por aqueles que desejam manter as instituições políticas, protegendo a situação existente e construindo seu progresso. Chamaremos os políticos de Centro de CONSERVADORES. Os conservadores normalmente chegam ao poder político. Se outro partido assume o governo, SEMPRE se torna conservador ou mesmo se torna radical retrógrado, porque não mais desejará mudanças graduais nem mudanças radicais. O Empresário é o Conservador por excelência, que sempre age para conservar, melhorando, para manter a ordem, progredindo.

Definimos aqui de “tendência de DIREITA” aqueles que desejam que a política volte aos regimes do passado, a regimes como a monarquia ou desejam a instalação de totalitarismo sem mudança.  Os RETRÓGRADOS se qualificam como os partidários da direita radical que propõem o restabelecimento de tiranias e privilégios do passado impedindo mudanças pelo voto ou pela violência.

É necessário notar que as três tendências partidárias reúnem políticos que NÃO SE MANTÊM sempre, permanentemente, com a mesma orientação. Podem mudar, sem constância, sem coerência, dependendo dos interesses pessoais ou de momento, por oportunismo.

Verifica-se que todo e qualquer governo que está no poder SE TORNA SEMPRE um governo de Centro, ou, se não é CONSERVADOR, passa a ser de Centro, CONSERVADOR. Mesmo os mais radicais de Esquerda, quando assumem o poder, se tornam conservadores, em geral conservadores mais radicais, e, se puderem, tornam-se cruéis ditadores tirânicos, como ilustra bem o caso do sapateiro Joseph STALIN e no caso de todos os outros revolucionários. Os totalitarismos conservadores dos revolucionários então se tornam de extrema direita totalitária conservadora. Mantêm-se pela violência e se proclamam, enganosamente, de “governos democráticos”, “de revolução libertadora”, mas são ditadores conservadores radicais sanguinários e cruéis.

QUEM GOVERNA.

A filosofia da história mostra que o PODER para governar, sempre, no passado, pertenceu aos que possuíam a RIQUEZA da sociedade.  Essa forma de governar PODE SER VERIFICADA nos registros históricos, nas grandes civilizações do passado.  O PODER e a RIQUEZA sempre estiveram juntos, na história humana. Com o fim do feudalismo e com a secularização que resultou no enfraquecimento do papado e da religião, o poder passou a ficar separado da riqueza. Essa colocação do poder em mãos outras do que nas mãos da riqueza, dos donos do capital, é contrária à prática política constante na história. Resultou do aparecimento das novas classes de produção e de comércio na civilização do ocidente europeu, formando a era industrial moderna, após a redução da atividade guerreira predominante antes e durante a Idade Média. 075

 

O APELO AOS CONSERVADORES.

O objetivo deste “APELO AOS CONSERVADORES” é unir os políticos de centro com a direita não retrógrada e com a esquerda não niveladora.

Os conservadores de centro são uma força numerosa e forte, que procura afastar-se tanto dos revolucionários como afastar-se dos retrógrados. 001

O lema Ordem e Progresso significa PAZ E LIBERDADE. Ordem significa manter a PAZ, pela manutenção das instituições, e, ao mesmo tempo, o progresso significa realizar o desenvolvimento, a riqueza, o que na modernidade exige todas as LIBERDADES.

Em geral os Conservadores são colocados no poder, salvo em momentos de crise política. Mas os partidos do Centro no poder procuram agora APENAS neutralizar a esquerda revolucionária por meio da ação da direita retrógrada. E nessa tarefa para a obtenção de um equilíbrio produz uma perda de tempo e de recursos que poderiam promover o progresso da nação. Esse equilíbrio instável se faz entre o perigo do retorno ao poder dos retrógrados pelo direito divino e o perigo da incompetência e crueldade da revolução de baixo para cima.

A nova Filosofia Política é necessária para PREVER os eventos políticos e para CONDUZIR a coletividade, por meio do saber da Ciência Política.

Ordem e progresso corresponde a GUARDAR e IMPULSIONAR, a conservar, melhorando. O mais profundo preconceito da esquerda revolucionária é a tentativa de DOMINAR pela violência a OPINIÃO, com a extinção da liberdade de consciência, usando o poder político coercitivo. É o TOTALITARISMO, que supõe que o poder político tudo pode controlar. A ditadura do totalitarismo tirânico deve ser superada, deve ser evitada. 003

O preconceito revolucionário mais profundo e mais perigoso é usar o poder político para controlar a Opinião Pública, com a destruição da liberdade de pensamento e da capacidade da sociedade, do povo, dos trabalhadores de fazer o controle dos atos do governante. 004

A liberdade da opinião só pode ser assegurada pelo conhecimento da CIÊNCIA POLÍTICA moderna, apoiada na filosofia da história, esclarecida pela sociologia científica de observação para fazer a previsão e a ação. 005

 

CIÊNCIA POLÍTICA CIENTÍFICA.   Como resultado da evolução das teorias, obtemos na ação política uma orientação segura com base na Sociologia abstrata como ciência teórica moderna para a previsão sociológica.  A teoria a usar na CIÊNCIA POLÍTICA será, assim, uma teoria científica aplicada, confirmada pela observação histórica da política real e do saber filosófico obtido na crítica inteligente dos milenares eventos anotados nos Anais da história da humanidade. 007

Os Conservadores, bem como os Empresários TÊM O DEVER CÍVICO de participar ativamente do movimento político proposto neste APELO AOS CONSERVADORES. É parte da RESPONSABILIDADE SOCIAL dos Empresários.

 

A política para os conservadores.

A norma política de base a seguir deve ser clara e segura.  Sua definição deve ser tornada pública, bem explicada aos trabalhadores, ao povo. 025

 

Aliança dos conservadores com os retrógrados.  

COMO OS CONSERVADORES DEVEM AGIR COM OS RETRÓGRADOS.

Sem uma solução política estabelecida, o perigo da destruição da sociedade pelos Revolucionários tende a recolocar os Retrógrados no poder político. O retorno a regimes radicais de Direita totalitária, assim, não podem ter a nossa aprovação, merecendo, porém, a nossa simpatia, por protegerem as instituições, por protegerem a ordem estabelecida.

Portanto, os Conservadores podem merecer e conseguir a aliança com os retrógrados da direita, desde que consigam evitar o perigo da ação destruidora dos Revolucionários.

A reconstrução política do governo só poderá ser feita de acordo com normas políticas bem compreendidas e destinadas ao bem da coletividade. A existência de uma Opinião Pública em completa liberdade é fundamental para a ação política dos conservadores. A Opinião Pública controlada pelo Governo político, pela propaganda do governo, é TOTALITARISMO. Totalitarismo é a tirania, a falta das liberdades democráticas.

Em tempos normais de paz os políticos de direita retrógrada ficam, em geral, sem ação, permanecendo passivos. Mas se tornam ativos ao ocorrerem perturbações das instituições. E sempre são muito úteis, já que podem evitar, com sua vigilância, os males da revolução social violenta.

 

ALIANÇA DOS CONSERVADORES COM A DIREITA. 104

Devem ser feitas duas ações:

I  SISTEMA DE GRATIDÃO;

II ALIANÇA RELIGIOSA.

A pequena burguesia formada pelos PEQUENOS empresários é perturbadora e em geral é egoísta e frívola.  Os partidos aristocráticos de direita podem muito ajudar ao governo dos conservadores. 105

O governo político não deve manter nenhuma doutrina e nenhuma religião oficial, mantendo a total liberdade de consciência e de ideologia. Com o único objetivo: paz e desenvolvimento do país, ou seja, ordem e progresso. 106

 

I SISTEMA DE GRATIDÃO.    O governo deve ser leigo, secular, para evitar a tendência para a TEOCRACIA, que é o governo político tirânico pelas autoridades religiosas. Mas deve o poder político oferecer completa liberdade aos religiosos de todas as seitas. E mais ainda, mostrar respeito e gratidão a todas as seitas e ideologias, mantidas livres para sua propaganda e em sua atividade de ensino. 107

O partido conservador deve mostrar o reconhecimento geral ao Catolicismo por sua civilização na Idade Média, como pela tendência Católica ao culto da figura de mãe, na pessoa da Virgem, mãe da divindade, e pela unidade de doutrina resultante da chefia do Papa, tido como infalível. Os protestantes apresentam uma tendência que varia em ser ora retrógrada, ora revolucionária. Mas os deístas e panteístas por vezes tendem à retrogradação teocrática ou ao governo do rei-filósofo, dos sábios, dos intelectuais. É o que se chama de PEDANTOCRACIA, que é o poder político colocado nas mãos dos pensadores e intelectuais retrógrados ou revolucionários, sempre com tendências totalitárias ao COMANDAR em vez de apenas ACONSELHAR. 110

II ALIANÇA RELIGIOSA. O partido Conservador deve estimular o acordo entre os políticos da direita religiosa para que se unam num ECUMENISMO sem denominação, sem financiamento oficial, mantendo a cordialidade entre as diversas interpretações religiosas, evitando a pretensão do domínio de uma das seitas sobre as outras, evitando os conflitos religiosos. O acordo ecumênico é uma proteção contra a reação anti-religiosa dos partidos de esquerda. O ecumenismo deve dirigir a pregação religiosa a favor da harmonia política e da moralidade. A ALIANÇA RELIGIOSA deve, em especial, aliar cristãos e muçulmanos. 113

 

3ª PARTE    

ALIANÇA DOS CONSERVADORES COM OS REVOLUCIONÁRIOS.

I GERAL

Os Conservadores NÃO DEVEM LIMITAR SUA AÇÃO POLÍTICA realizando apenas a NEUTRALIZAÇÃO da perigosa ação dos revolucionários por meio da reação dos partidos de Direita. Essa compensação consome esforços e leva a uma ESTAGNAÇÃO política, sem progresso da nação. Já vimos que há três partidos: os Conservadores ficam sempre com o poder, os Retrógrados de direita resistem às mudanças, defendendo as instituições. Os Revolucionários de esquerda fornecem o impulso para as mudanças. Por falta de um programa político, todos os partidos se tornam incoerentes, por vezes seus agentes trocando de posição repetidamente. 123

Aos Revolucionários falta uma adequada TEORIA PARA FAZER A PREVISÃO POLÍTICA. E a eles falta uma CHEFIA competente para desenvolver a teoria e o programa necessário.  Os dirigentes de esquerda são em geral incompetentes.  Os Revolucionários receberam da Idade Média dois problemas inseparáveis.

Primeiro problema: acabar com a pobreza, facilitando para a população de trabalhadores o conforto da sociedade moderna.

Segundo problema: criar a civilização científica mundial de um humanismo secular para substituir a civilização feudal e religiosa da Idade Média. 126

 

REVOLUÇÃO MENTAL.

ESSA É A MAIS PROFUNDA REVOLUÇÃO MENTAL DA EVOLUÇÃO HUMANA.

É a mudança que prepara a nova sociedade industrial e pacífica moderna, jamais vista no mundo, com produção e paz. 127

NOTAR BEM que estamos colocados frente ao problema de realizar a MAIS PROFUNDA REVOLUÇÃO MENTAL da história humana.

Os Revolucionários ilustrados, diplomados, são os mais perturbadores e mais atrasados. 129

O individualismo radical coloca a opinião e os objetivos pessoais acima das normas sociais, levando à revolução e à anarquia.  O que impede a reorganização e o progresso da sociedade.

O individualismo radical leva a pensar que tem uma infalibilidade do indivíduo que vem para substituir a INFALIBILIDADE DO PAPA.  É a suposição de que existe a INFALIBILIDADE DA OPINIÃO DE CADA UM, o engano que se opõe a toda direção e a toda regra. A infalibilidade de cada pessoa é base da revolução de cada um contra a coletividade; é a procura da IGUALDADE radical obrigatória liberticida. É a revolução destruidora. Todo grupo tem necessidade de um chefe, um orientador, sempre no comando, na orientação dos indivíduos, que devem se subordinar a ele.

Os trabalhadores costumam confundir a necessidade de FRATERNIDADE para com todos com o desejo de IGUALDADE de todos. A igualdade prometida pela esquerda é a igualdade que degrada, que rebaixa, igualdade que não se realiza, igualdade de mentira, usada pela propaganda enganosa. 130

É a promessa de igualdade que satisfaz à VAIDADE e satisfaz à AMBIÇÃO de chefiar, que são a doença moderna, a doença da fase que serviu para destruir os privilégios dos guerreiros, nobres e dos padres na Idade Média. Em geral os Revolucionários letrados são incuráveis, ao contrário dos Revolucionários trabalhadores não diplomados. A principal tarefa dos Conservadores é promover o esclarecimento dos trabalhadores e do povo, para que desconfiem dos Revolucionários niveladores que prometem a igualdade impossível, demagogos ambiciosos e incompetentes. Porque a liberdade produz sempre as diferenças, acabando com a igualdade. Nem com o fim da liberdade na tirania do Totalitarismo existe a igualdade comunista. 131

Os doutores revolucionários são formados nas escolas religiosas pelos sacerdotes católicos ou por sua influência. Eles são filhos intelectuais ou naturais degenerados dos religiosos. Mostram ainda a insuficiência das crenças religiosas em nossos dias. 133

Os retrógrados desejam a construção da nova civilização, mas sem abalo brusco.  Os revolucionários procuram a mudança por meio de reformas radicais e imediatas. 135

O humanismo secular, leigo, regenera a sociedade, REGULANDO e HARMONIZANDO as novas classes surgidas após a SECULARIZAÇÃO, que marcou o fim do poder religioso do papa e com o fim do FEUDALISMO da Idade Média, na Europa do ocidente. Essa Europa católica é que liderou o progresso humano, progresso que resultou da evolução cultural religiosa no Catolicismo da Idade Média. Note-se que os primeiros cientistas no fim da Idade Média eram padres. 136

RESPONSABILIDADE SOCIAL. A classe dos Empresários deve colaborar para que os trabalhadores possam sustentar e manter a família bem organizada, como a melhor base das instituições da sociedade. O Empresariado deve dar o exemplo de dedicação aos pobres e de sua proteção, com a Responsabilidade Social. Dessa forma, serão merecedores do respeito e do agradecimento dos trabalhadores. Trabalhadores verão que a luta classe, a violência e os sentimentos revolucionários só favorecem aos demagogos enganadores gananciosos, sem promover o enriquecimento dos pobres e da sociedade. 137

Os Conservadores devem governar, mantendo:

1. AORDEM MATERIAL;

2. O DESENVOLVIMENTO DA NAÇÃO;

3. AS LIBERDADES DE CONSCIÊNCIA, DE OPINIÃO, DE ENSINO.

 

A educação NÃO DEVE ser controlada pelo poder político. A LIBERDADE DE ENSINO deve ser mantida completa. 142

A plena liberdade produz a desigualdade das pessoas, mostrando a diferença entre os indivíduos e entre os grupos. Assim, a liberdade faz mostrar a desigualdade, mostra a diferença entre as pessoas. 146

O nivelamento político artificial coercitivo, pela força, com a igualdade obrigatória de todos, destrói a liberdade. É um aspecto do Totalitarismo Socialista de Estado, um regime político impossível, como a prática já demonstrou. 145

TIPOS DE REVOLUCIONÁRIOS.

Os revolucionários são de dois tipos:

1. OS REVOLUCIONÁRIOS LETRADOS, os DOUTORES;

2. OS REVOLUCIONÁRIOS TRABALHADORES.

E podem ter duas outras tendências revolucionárias:

1. REVOLUCIONÁRIOS LIBERAIS EM POLÍTICA, a favor da liberdade;

2. REVOLUCIONÁRIOS NIVELADORES, contra a liberdade, totalitários.

Podem ainda ser

  1. REVOLUCIONÁRIOS SOCIAIS, ASSOCIATIVOS
  2. REVOLUCIONÁRIOS INDIVIDUALISTAS

Os Revolucionários doutores tendem ao individualismo e os revolucionários trabalhadores tendem a serem revolucionários sociais.  Os melhores Revolucionários são os Revolucionários adeptos da liberdade política e os e os revolucionários sociais.  Os doutores são irrecuperáveis, em geral.

Devemos apoiar os liberais em política e negar apoio aos niveladores da igualdade. Acolher os letrados liberais em política, mas repelir os proletários niveladores.

Os revolucionários formam a tendência partidária MAIS INCOERENTE, mais instável, de todos os partidos. 153

O parlamentarismo esconde a tirania do poder político sobre a opinião livre.  Ela dissimula o totalitarismo, a falta de liberdade, já que a tirania é oficializada pelos falsos representantes do trabalhador. Aparenta ter decisões unânimes e justas oficializada por uma assembléia. A decisão em assembléia é imprevisível, onde não há poder individual, não há unidade de comando. E não há responsável, não há a direção de governo; há erros e crimes e impunidade. 154

O sistema eleitoral deve ser adequado para os objetivos políticos de reconstrução da civilização moderna. Para evitar a demagogia, o voto deve ser aberto e não secreto. O uso do processo eleitoral é aconselhável, mas quando mal empregado dá lugar à instabilidade política, à falta de governabilidade, à anarquia e à demagogia: é o SISTEMA ELEITOREIRO.

Os revolucionários, ou os de esquerda, devem ser vistos como os agentes do programa histórico posto na Europa ocidental, são os políticos que estimulam a ação política, que promovem o progresso.

A ALIANÇA POLÍTICA a ser feita pelos Conservadores deve unir a ação política dos conservadores e dos revolucionários liberais não niveladores. O objetivo final é retornar à união do COMANDO com a RIQUEZA.  A união do COMANDO COMPETENTE com a RIQUEZA DA BONDADE. Os retrógrados devem ser convidados a uma ALIANÇA RELIGIOSA para unir os diversos religiosos a serviço da ética na sociedade. Os Revolucionários podem ser aproveitados por meio da comunicação, por meio do apelo aos seus elevados sentimentos sociais. 155

A pequena burguesia, dos pequenos empresários, é em geral egoísta e frívola. A pequena burguesia invejosa promove a resistência contra a concentração do poder nos grandes proprietários. Só o grande Empresariado proporcionará o desenvolvimento econômico e os empregos necessários à vida de conforto e ao progresso dos trabalhadores. 160

 

AS ALIANÇAS.

Pela proposta neste APELO a nova prática política deverá promover duas alianças:

1. AALIANÇA RELIGIOSA com os religiosos retrógrados  162

2. AALIANÇA POLÍTICA com os revolucionários, sob a direção dos conservadores. 162

Somente os Conservadores podem instalar um governo de progresso, mantendo as instituições. O ACONSELHAMENTO POLÍTICO deve ser feito por consultores independentes imparciais. Eles devem sempre estar fora do poder político. Ou seja, os consultores, filósofos, cientistas políticos, não devem pertencer ao grupo do poder, não devem ter cargo na linha do poder. Assim, eles não poderão IMPOR as suas sugestões, que deverão ser aceitas pelo ACONSELHAMENTO, por seu valor real e jamais impostas pela coerção do poder, pelo COMANDO. 164

Os consultores políticos humanistas independentes devem sempre respeitar todas as autoridades constituídas, sem diferença de sua tendência política, de esquerda, de centro ou de direita. Não devem recomendar a violência nem a revolução.

Os consultores humanistas têm o dever de orientar os Conservadores, mantendo-se fora do poder político.  Dessa forma os conselhos se mostram imparciais e terão completa liberdade, sem pressões ideológicas do poder. 165

O presidencialismo sem parlamento sempre manterá amplas liberdades civis, SEM INTERVIR na FORMAÇÃO da OPINIÃO PÚBLICA  Os formadores da opinião terão sempre total liberdade O presidencialismo é estritamente temporal, material, sendo republicano com amplas liberdades e monocrático, para ter a imprescindível UNIDADE DE COMANDO. 167

O governo político no poder deve sempre ser respeitado, da mesma forma como a propriedade e a riqueza.  168

O respeito ao governo deve sempre ser mantido, embora estejam em mãos de maus políticos, para que não haja revolução e violência. Os ricos devem estar preparados para retomar o poder sem revolução, um poder que sempre lhe pertenceu na história do governo político.

O verdadeiro republicano tem que ser conservador. E só pode ser conservador se for republicano. Porque os republicanos não farão bem ao povo, o bem público, por meio da revolução ou pelo totalitarismo. E os Conservadores não podem retroceder por meio da monarquia hereditária ou pelo totalitarismo tirânico. 169

Os ricos atuando com dedicação, eficiência e correção no poder merecerão e receberão a gratidão e a veneração dos trabalhadores.

Há os demagogos retrógrados e os retrógrados demagogos. 171

O PARTIDO CONSTRUTOR dos Conservadores deve assegurar:

  1. Não destruir, não usar violência;
  2. Não retrogradar aos privilégios de classe.

 

DUAS TRANSFORMAÇÕES POLÍTICAS

I. CULTO HISTÓRICO p. 173

II. DESCENTRALIZAÇÃO, MUNICIPALIZAÇÃO  p. 180

I. CULTO HISTÓRICO.   O governo dos Conservadores deverá instituir o CULTO HISTÓRICO CÍVICO, de caráter humanista leigo, que é não religioso, pelo uso da comunicação social, comemorando os eventos do passado por meios dos feriados e da comunicação.  Esse culto não terá feição religiosa, mantendo a separação do governo político em relação a todas as religiões e todas as seitas, para manter a LIBERDADE RELIGIOSA e a LIBERDADE DE IDEOLOGIA. O culto histórico destina-se a manter e incentivar o amor à Pátria e aos seus maiores servidores, mostrando a ligação da ação política com os serviços prestados pelos nossos antepassados. Deve reforçar a gratidão dos que vivem no presente em relação aos que viveram no passado. A gratidão nos encaminha à disciplina pessoal e política, com a necessária adesão aos ensinos do passado. É um tratamento político preventivo contra a doença da revolta contra o passado. 173

Com a completa liberdade da sociedade, a disciplina material, por meio das instituições políticas no governo, deve ser feita em meio à desordem intelectual e moral das opiniões e costumes, que devem ser livres. Porque o governo político NÃO TEM PODER sobre o plano moral e intelectual. Toda insurreição, toda revolução, toda violência, deve ser evitada. O programa político social bem conduzido fará com que o povo não dê o seu apoio aos perturbadores. O governo deve ter todo controle político material de segurança sem ferir a liberdade pública de pensamento. 174

A transformação política deve ser feita DE CIMA PARA BAIXO, mas sem insurreição, sem revolução, sem violência, sem totalitarismo, por meio de pacto livre. Assim pode-se chegar à REPÚBLICA, chegar ao bem público, ao bem do povo trabalhador. Assim pode-se chegar ao progresso do trabalhador dentro da ordem, mantendo as instituições democráticas. Os consultores humanistas deverão orientar os conservadores, a quem deverá caber a iniciativa.

Não existe governo DE BAIXO PARA CIMA. De baixo para cima é a revolução, que não tem comando, e que leva sempre à reação de direita, na forma da tirania retrógrada, como ocorreu com NAPOLEÃO e com STALIN e em muitos outros casos de crueldade sem limite.

Estamos vendo uma evolução social e política de 30 séculos, desde a teocracia oriental da Índia e Babilônia até a sociedade industrial e pacífica de nossos dias, na modernidade.

ALIANÇA: Os Conservadores republicanos unidos aos republicanos Conservadores eliminará da política os DEMAGOGOS RETRÓGRADOS e os RETRÓGRADOS DEMAGOGOS.  É a formação do PARTIDO CONSTRUTOR, para eliminar a revolução destruidora e acabar com o retrocesso do retorno ao passado de injustos privilégios. 176

 

II.  DESCENTRALIZAÇÃO POLÍTICA. MUNICIPALIZAÇÃO. 180

A centralização política foi o resultado da perda do poder religioso e político dos papas, chamado de secularização. O poder político armado tenta governar o pensamento e as tradições como fazia a fé na religião católica. 187

Os pensadores do humanismo podem orientar os governos como consultores ou conselheiros, devendo ficar sempre fora do poder, mantendo sua imparcialidade e sua liberdade de opinião. 188                        FIM    pag. 200

 

 

 

 

© Ângelo Torres, Rio de Janeiro, Brasil, South America –  Phone. 0055-21-9255-3145 bonangelo@yahoo.com.br     12-julho 2007

Our Human Past, is the basis of  scientific Sociology.

Anúncios

Templo Positivista de Porto Alegre

Templo Positivista de Porto Alegre

O Templo Positivista de Porto Alegre é um prédio histórico localizado na Avenida João Pessoa, junto ao Parque Farroupilha, e cuja construção data do início do século XX. O templo abre aos domingos para visitação.

É um dos dois únicos templos positivistas que foram construídos expressamente com esta função;  o outro templo situa-se no Rio de Janeiro, onde fica a sede da Igreja Positivista do Brasil.

O positivismo é um culto de amor e reconhecimento pelos parentes, pelos grandes homens, pelas instituições sociais, pela pátria e pelos antepassados. É um sistema de vida moralizador, um regime sem distinções de classe, cor e raças, de uma vida sem conflitos, tendo como principal interesse o coletivo e não individual, e que organiza a vida social pelos moldes científicos. O seu lema fundamental é O amor por princípio, e a ordem por base, o progresso por fim.

Erlon Jacques de Oliveira em sua cerimônia de posse como Guardião do Templo em 27 de outubro de 2013.

 

O Templo Positivista de Porto Alegre já foi frequentado por ilustres positivistas gaúchos. Em 1912, eles compraram o terreno onde foi construído o templo, que foi terminado somente 16 anos depois.

No final da década de 1930, com o falecimento ou mudança de muitos seguidores, o templo reduziu bastante suas atividades: a família deCarlos Torres Gonçalves mudou para o Rio de Janeiro, seguida das mortes de Faria Santos, Homem de Carvalho e Azambuja Cidade.

Os primeiros guardiões foram os médicos Salvador Petrucci e Vitório Veloso, o último afastando-se na década seguinte. Na década de 1950, os engenheiros agrônomos Moisés Westphalen e Mozart Pereira Soares passaram a colaborar com Petrucci, sendo que Westphalen substituiu Petrucci quando este faleceu, na década de 1970. No início dos anos 2000, os responsáveis pela conservação eram Mozart Pereira Soares e Afrânio Capelli.[4] . Com as mortes de Mozart Pereira Soares e Afranio Pedro Capelli assumiram a guarda do Templo os apóstolos Érlon Jacques de Oliveira e Éder Bertotti, juntamente com outros diletos membros do apostolado.

O prédio da Avenida João Pessoa é a sede da Igreja Positivista do Rio Grande do Sul, abrindo todos os domingos às 10h para o culto sociocrático. Considerado uma relíquia da Humanidade, apresenta a arquitetura característica da época, e têm em seu acervo muitas raridades. Na entrada do templo está escrito: Os vivos são sempre cada vez mais, governados necessariamente pelos mortos